Este relatório apresenta resultados analisados referentes a uma proposta de trabalho para o desenvolvimento de ações, voltadas para o processo de avaliação institucional do Instituto Superior de Educação Ateneu – ISEAT, no ano de 2019. Antes de explicitá-lo, consideramos significativo situar, brevemente, algumas mudanças ocorridas na Instituição nos últimos anos. Consideramos que tais mudanças tiveram repercussões (limites a possibilidades) nos resultados da avaliação aplicada.

O ISEAT, instituição particular de educação superior, mantido pelas INSTITUIÇÕES DE ENSINO E PESQUISA LTDA, foi credenciado pelo MEC em 20041 e iniciou suas atividades com os cursos de Licenciatura em Matemática2 e o Normal Superior3.

Em face à demanda de alunos solicitando o oferecimento de um curso de Pedagogia (devido às exigências do mercado de trabalho e mudanças em Resoluções que orientam o curso de graduação e Pedagogia), o ISEAT solicitou e obteve a conversão do curso de Normal Superior para Pedagogia em 20064. O Reconhecimento do Curso de Pedagogia foi obtido em 20125.

Os cursos oferecidos pelo ISEAT guardam identidade própria, sem perder de vista o direcionamento geral advindo do Ministério da Educação – MEC e do Conselho Nacional de Educação – CNE. Desse modo, seus Projetos Pedagógicos tendo como base as Diretrizes Curriculares Nacionais, estabelecidas, como dito, pelo MEC,

estimula, em sua metodologia, o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias à formação dos licenciandos, assegurando assim uma boa formação acadêmica, aliada a princípios de ética profissional e de formação continuada do egresso. O ISEAT espera que seus graduados possam enfrentar os desafios profissionais que se configuram na contemporaneidade, com visão humanista, ética e com responsabilidade social, em sua atuação profissional.

Em setembro de 2011, o ISEAT passou a ter novos gestores, que assumiram a administração acadêmica, financeira e a estrutura física da Instituição, iniciando naquela data, uma proposta de transformação em diversos setores que necessitavam de melhorias e, assim algumas metas foram alcançadas.

Em novembro de 2016, o ISEAT novamente passou por mudanças e, novos gestores vieram para compor a administração geral da instituição. Com novos tempos e novas necessidades para atender aos estudantes e a todos os colaboradores da instituição, em janeiro de 2017 a estrutura física e logística do ISEAT passou por reformas gerais: a biblioteca foi totalmente reformulada, mudando inclusive, para um espaço muito mais amplo, climatizado, e a fazer parte do prédio central da instituição. Além disso, novos exemplares foram adquiridos para atender aos requisitos da quantidade de livros por alunos bem como periódicos especializados.

A biblioteca recebeu mobílias para atender aos estudantes em suas pesquisas que estão em um amplo salão. Duas cabines foram construídas ao lado deste ambiente para que trabalhos em equipe sejam produzidos. Há computadores no salão e espaço para estudo nos boxes destinados ao estudo individual. O ambiente está equipado com um espaço para pessoas com necessidades especiais e, há um computador com teclado em braile.

Além da biblioteca, novas salas foram construídas e, algumas foram ampliadas, tais como: sala de aula, sala dos professores, sala para laboratório de informática, brinquedoteca, laboratório de matemática, sala das coordenações de curso, sala do Núcleo Docente Estruturante – NDE, sala da Comissão Própria de Avaliação – CPA,

sala de pós-graduação, sala da Gerência Administrativa, espaço de convivência, cantina entre outros. Além disso, foram construídos um banheiro, um por andar, no prédio central (na gestão passada havia apenas um banheiro no primeiro piso) para atender as demandas de estudantes e professores.

Além desses espaços citados, cabe ainda acrescentar a sala do Núcleo de Apoio Pedagógico (NAP), construída ao lado da sala dos professores, agora devidamente reformada. Há uma sala para professor de tempo integral que foi construída no primeiro andar. Este espaço, futuramente poderá ser ampliado para atender as demandas de novos cursos que surgirem. Um espaço foi construído para acolher o ambiente da Ouvidoria, órgão responsável pelo recebimento de reclamações, sugestões e elogios de todos aqueles que se relacionam direta ou indiretamente com o ISEAT. Este ambiente localiza-se na entrada lateral do prédio.

O espaço de convivência foi melhorado com o objetivo principal de atender ao descanso e as conversas dos estudantes, além da troca de informações entre eles. Planeja-se um projeto de jardinagem com os estudantes, para compor o visual deste ambiente e, torná-lo mais acolhedor e alegre. No entanto, este é um projeto coletivo que envolverá tanto os estudantes como os professores e, certamente trará benefícios a todos que dele participarem.

Foi neste contexto que no dia 01/09/2017, a Diretora Geral do ISEAT baixou a Portaria no 16/2017 destituindo os membros da CPA, até então vigente, e nomeou os novos componentes. Desde então, a nova comissão passou a se reunir buscando estudar/revisar o Regimento da CPA bem como elaborar um cronograma para encaminhar o processo de desenvolvimento/aplicação da avaliação institucional neste segundo semestre.

Ressaltamos que o plano de ação elaborado, obedece às orientações do Ministério da Educação – MEC, em especifico aquelas previstas pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), criado pela Lei no 10.861, de 14 de abril de 2004.

O SINAES compreende a avalição da instituição, dos cursos e do desempenho dos estudantes. Portanto, são avaliados os seguintes elementos, principalmente: o ensino, a extensão, a responsabilidade social, o desempenho dos alunos, a gestão da instituição, o corpo docente e as instalações.